Um dia abençoado

A festa começou cedo.
O tempo por aqui está chuvoso.
É uma frente fria... é o que dizem.

Apesar do frio gostoso,  deixo o leito quente e aconchegante para agradecer aos passarinhos a recepção de um novo dia.
Para eles não tem tempo ruim.

Cantam e dançam nos galhos dos arvoredos alegrando a natureza.
Os sons diversificados preenchem todo o lugar e com ajuda da brisa matinal propaga-se para mais distante, dando vida a tudo que nos rodeia e em retribuição a natureza abre-se a visitação colorindo o espaço.

O repórter, o fofoqueiro bem-te-vi que diz que tudo vê....sempre majestoso, canta mais alto espalhando a notícia da minha presença em contemplação plena.

- bemtivi... bemtivi... bemtivi........
Fecho os olhos por instantes e consigo viajar por entre as notas musicais em perfeita harmonia.
E em meio á supremacia do momento, contrariando a natureza, o sol acorda, meio entre nuvens cinzentas, também participa de mais um amanhecer, e seguindo os seus tímidos raios, o amado girassol que enfeita a minha varanda.
Contando e cantando mais uma bênção

Sem comentários:

Enviar um comentário